Somos tão únicos!

Você já parou para pensar….

Vivemos em um planeta fascinante, com uma natureza espetacular…. São seres vivos de milhares de espécie que dividem e vivem em um único planeta: a Terra.

A Terra é o terceiro planeta daquele que chamamos de Sistema Solar, cuja estrela é o Sol. Todavia, graças a os avanços da ciência hoje sabemos que o Sol é somente uma estrela no meio de milhões de outras estrelas que, juntas, compõem o que chamamos de galáxia – a Via Láctea. Entretanto, a Via Láctea é somente uma galáxia no meio de milhões de galáxias que, juntas, formam o Universo.  Pela teoria da relatividade, hoje já não falamos mais em universo, mas em multiversos…. Nesse espaço infinito encontramos asteroides, constelações, buracos negros, nebulosas, pulsares, e tantas outras coisas.

Depois de toda essa apresentação (voltando para a Terra) perguntamo-nos quem nós somos? Incrível que um infinito acima de nossas cabeças exista e possa nos engolir a qualquer momento.

Imagem da Nebulosa de Órion. Fonte: Revista Galileu

Se já estava dramática a cena acima, imagine agora que na Terra existem cerca de alguns milhões de espécies de seres vivos. Dentre essas milhões de espécies há uma especifica que chama a atenção: o homo sapiens – a humanidade. Essa espécie ‘homo sapiens’ possui um registro de cerca de 7 bilhões de indivíduos e você é apenas um deles. Ou seja, você é um indivíduo de uma espécie de 7 bilhões de indivíduos que habita um planeta que comporta de 3 a 4 milhões de espécies conhecidas. Todas essas espécies habitam um planeta chamado Terra que é apenas o terceiro num sistema solar que é apenas um dentre milhões de tantos outros que formam uma galáxia, que por sua vez é apenas um dentre outras milhões que formam o universo.

Gerson? Oi. Me empolguei…. Cara, incrível, mas olhando sob esse espectro, não somos nada!

Por outro lado, incrível como você e eu e cada um dos indivíduos dessa espécie ‘homo sapiens’ é único. Ou seja, não há repetição. Você é único e não existe ninguém no mundo igual a você. Por mais que as combinações genéticas beirem o 100%, mesmo assim, não empata nos 100%. Meus parabéns!!! No meio de todo esse infinito vasto, você ainda é único!

Não queira ser como os outros. Seja você mesmo. Se ame como um ser singular que existe na Terra. Faça a diferença e busque a melhor versão de si mesmo. Afinal, você é único. Nunca houve e nem haverá alguém igual a você!

Todos nascemos originais e morremos cópias, dizia Carl Jung. Chegou a hora de viver a sua originalidade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s