I Have a Dream…

Em 1963 Martin Luther King proclamou esse emblemático discurso no Lincoln memorial diante de mais de duzentas mil pessoas exigindo igualdade entre brancos e negros. Esse era o sonho dele.

Eu tenho um sonho… Ele tinha um sonho. Hoje, óbvio que ainda há muito a ser feito, a realidade daquele discurso é outra. O sonho tem se concretizando, não foi morto ou acabou quando ele ‘acordou’. O caminho da igualdade entre etnias foi aberto e segue seu percurso. Hoje podemos sonhar em uma igualdade de gênero humano! Seja igualdade étnica, igualdade de gênero, direito humanos, direitos LGBT, e asism por diante. Há muito o que se fazer ainda, claro, mas o caminho segue trilhando seu curso.

Lutamos uma luta acirrada contra qualquer tipo de preconceito e desigualdade!

Certamente você tem um sonho. Sabe aquelas metas de começo de ano? Então, não deixam de ser sonhos. Alguns são alcançáveis outros não; Pessoas sonham dormindo, outros sonham acordados; sonhos podem ser concretizados – aqueles sonhos do seu coração.

Sonhar com o coração é uma dádiva do ser humano. Mas quando esses sonham não se concretizam viram frustrações. E aí temos um problema: sonham não realizados se tornam frustrações que acabam por definhar as pessoas que os sonharam. Um desejo do coração é algo incrível, pois nos motiva, nos anima, nos impulsiona, nos eleva a outro patamar, nos tira de uma vida monótona.

Sonhos para serem realizados precisam ser construídos; e se constrói aos poucos. A frustração está em que vislumbramos os sonhos realizados, mas ficamos tomados por uma apatia que não nos deixa arregaçar as mangas e pôr a mão na massa. Vislumbrar o sucesso é fantástico, mas nem todos querem sentir o suor ou as lágrimas necessárias para alcança-lo.

E você? Qual seu sonho? E como você tem lutado por ele?

Não deixe de sonhar, mas não deixe que seu sonho se perca no despertar da vida.

Se está difícil a concretização do sonho, concretize aquilo que for necessário para concretizar o sonho. Vá por etapas, aos poucos, com planejamento, com garra, com empenho, com esmero.

Lembre-se: alcançar um sonho exige que você dê o seu melhor e não o seu suficiente. Dar o seu melhor é a forma eficaz de alcançar o seu sonho, atingir sua meta, seu plano. Se der apenas o necessário, ficará na mediocridade, será mediano. Para o mediano, qualquer coisa está bom! Para você, qualquer coisa está bom? Se contenta em viver na mediocridade ou topa alçar um vôo mais alto?

E aí? Seu melhor ou seu suficiente?

Não seja mais um entre tantos, seja o melhor que você pode ser, faça o melhor que você pode fazer, sinta a pulsação da vida penetrando em sua alma.

Isso fará toda a diferença. Não é sobre fama, poder, riqueza. Nada disso. É sobre sua autorrealização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s